Posts Tagged ‘hyperdrome’

Articles

FOE: Producing Transmedia Experiences – Participation & Play

In painéis on 07/01/2010 por futuresofog Marcado: , ,

Este painel teve o objetivo de tentar descobrir as reais e consequencias e fronteiras da participação do usuário (engajado) numa experiência transmídia. Uma vez que decisões e caminhos tomados por esse usuário são de importância capital para o futuro de um projeto.

Moderador: Ivan Askwith – Director of Strategy, Big Spaceship;

Mesa: Frank RoseWired contributor and author of Welcome to the Hyperdrome (W. W. Norton, forthcoming); Jordan Weisman – CEO and Founder, Smith & Tinker; Louisa Stein – San Diego State University; Mia Consalvo – MIT; Ken EklundWriterguy, World Without Oil

[TAMBAROTTI] Tendo como base os Alternate Reality Games (ARG), que têm no seu centro nervoso a participação e o engajamento completo do usuário, a pergunta a ser feita é: como preparar tais projetos interativos e que requerem tal grau de participação? Qual seu papel no cenário maior dos experimentos transmídia?

Frank Rose, da Wired, se mostrou reticente e acha que é tudo muito novo ainda, sem condições de termos entendido por completo o que a internet pode nos oferecer de opções. Ele argumentou dizendo que toda mídia nova leva de 20 a 30 anos para que tenhamos a noção total de suas possibilidades. E com a internet não está sendo diferente.

De qualquer maneira, a presença do fã foi considerada fundamental para qualquer iniciatica de sucesso nessa área. É necessário haver uma massa crítica inicial para estimular a participação. Exemplos citados: ‘Mad Men’ (com uma base grande de twitteiros) e ‘Lois & Clark’, seriado cujos fãs criaram histórias paralelas – mesmo com o fim da obra – e, mais que isso, criaram também uma cerimônia para premiar as melhores histórias. Frank Rose vê um futuro: de um lado, completo controle autoral. De outro, fãs se apropriando e criando suas próprias histórias.

Anúncios